Dieta do tipo sanguíneo

A dieta do tipo sanguíneo é um tipo de protocolo alimentar que vem chamando a atenção de muitas pessoas recentemente. Contudo, o que a maioria bem imagina é que ela já existe há mais de 20 anos.

Ela foi desenvolvida depois de estudos feitos por cientistas que sugeriram que o tipo sanguíneo de uma pessoa ajuda a determinar o seu metabolismo.

Logo, para cada tipagem sanguínea deve ser recomendado um tipo de cardápio especial, que atenda as necessidades do organismo e possa melhorar o funcionamento do organismo, eliminar o peso excedente e até proteger o coração de doenças.

O que acontece é que existe ainda uma certa dúvida a respeito da dieta do tipo sanguíneo.

Isso porque ela até é eficiente para a perda de peso, contudo, especialistas defendem que isso acontece mesmo por causa da restrição de certos alimento e o incentivo ao consumo de muitos vegetais e frutas.

Mais de Emagrecimento: Reduslim Funziona

Dessa forma, a perda de peso poderia acontecer para qualquer tipo sanguíneo.

Mesmo assim, vamos conhecer um pouco mais sobre essa dieta e compreender melhor como ela funciona.

Entendendo a dieta do tipo sanguíneo

Na teoria desenvolvida por Peter D’Adamo, criador dessa dieta, os hábitos de vida adotados pelos nossos antepassados é que favorecem a definição do tipo sanguíneo de cada pessoa.

Para o estudioso, além de ter influência nas transfusões de sangue, o tipo sanguíneo também influencia na forma como o organismo metaboliza determinados nutrientes.

É dessa forma que ele define o que deve ficar ou ser retirado da dieta, além de considerar também alguns alimentos mais benéficos, outros neutros e outros nocivos.

O funcionamento da dieta do tipo sanguíneo

O cardápio para cada tipo sanguíneo é bastante específico e conta com uma lista bem grande de alimentos que são restritos. Contudo, de uma forma geral, as definições são as seguintes:

  • Sangue tipo O – Caçador: dieta rica em proteínas e bastante limitada em grãos e laticínios
  • Sangue tipo A – Agrícola: sem proteínas animais, baseando a dieta em leguminosas, frutas e vegetais
  • Sangue tipo B – Nômade: a dieta deve evitar alimentos como trigo, lentilhas, tomate, milho ao passo que aumenta a ingestão de ovos e laticínios
  • Sangue tipo AB – Enigma: é uma mistura dos tipos A e B, devendo evitar álcool e cafeína. A ingestão de frutos do mar, laticínios e grãos deve ser aumentada.

Agora você já conhece um pouco mais a respeito da dieta do tipo sanguíneo.

7 truques para ter os cabelos mais fortes e cheios

Se você tem cabelos finos e quebradiços , com certeza sonha em exibir uma juba mais forte e resistente, bom, queremos que saiba que isso é possível .

Com pequenas manhas e seguindo os hábitos indicados para melhorar a saúde dos cabelos, você pode fortalecer as raízes e fazer com que seus cabelos tenham mais volume e corpo sem muito esforço e de forma natural.

Quão? Vamos explicar nas linhas a seguir, mas, antes de começar a ler, você deve saber que todos os tipos de cabelo estão expostos a uma perda de volume e densidade. A passagem do tempo causa um enfraquecimento progressivo da massa capilar e isso afeta a todos nós.

Portanto, para evitar o envelhecimento dos cabelos e a perda de volume e densidade, é preciso cuidar dos cabelos a partir de agora.

A perda de espessura no cabelo feminino não está relacionada apenas à diminuição da quantidade de cabelo , mas também à perda de densidade, volume e qualidade do cabelo. O número de cabelos diminui, o couro cabeludo fica menos coberto e os cabelos parecem mais opacos e crespos , com maior tendência à quebra.

Por esses motivos, é fundamental ter uma rotina de cuidados saudáveis ​​com a fibra capilar, quer você tenha cabelos finos ou tenha um ataque cardíaco. Já diz o ditado popular: melhor prevenir do que remediar . Damos 7 truques para ter cabelos mais fortes e resistentes por mais tempo.

Além das dicas abaixo, saiba que o suplemento shikakai funciona perfeitamente para fortalecer os fios e diminuir a queda, acesse shikakai bula e veja todos os benefícios que esse produto trás.

1. Evite lavar o cabelo todos os dias

Os produtos químicos em xampus e condicionadores podem enfraquecer as raízes do cabelo. Além disso, se acrescentarmos a isso, depois de lavar o cabelo, você usa um secador de cabelo e um ferro , o resultado pode ser desastroso.

 Para evitar o enfraquecimento dos cabelos, evite lavá-los todos os dias ou, pelo menos, use shampoos sem silicones e sulfatos que podem agredir sua camada protetora natural. Além disso, reduza o uso da secadora e opte por updos que permitem sair do ferro.

Não caia no outro extremo e lave o cabelo menos do que o necessário, o óleo acumulado nos poros pode apodrecer a raiz do cabelo, por isso, quando você perceber que o couro cabeludo está muito oleoso, é hora de lavar.

2. Use produtos adaptados às suas necessidades

Outra regra que você não pode ignorar: escolha o produto perfeito para você . Um shampoo adaptado às necessidades do seu cabelo pode melhorar significativamente sua aparência.

Por exemplo, se o seu problema é que você tem cabelos muito finos, opte por um produto específico para aumentar o volume . Esses shampoos reduzem o peso do cabelo, para que fique solto e com volume desde a raiz. Além disso, usados ​​continuamente, podem trazer benefícios de longo prazo na estrutura do cabelo.

Um bom exemplo é a linha de shampoos criada pela Vichy para cabelos finos e enfraquecidos, com o objetivo de restaurar a densidade e engrossar a fibra. É a gama Dercos e é composta por 3 produtos : um bálsamo concentrado, um shampoo e um cuidado concentrado regenerador, todos pensados ​​para aumentar o volume e corpo dos cabelos.

3. Não esfregue o cabelo para secá-lo

Ao lavar o cabelo, evite esfregá-lo com a toalha depois. Esse movimento brusco pode enfraquecer o cabelo e fazer com que caia mais do que o normal. Use uma toalha macia de microfibra e enrole no cabelo, batendo levemente para absorver o excesso de água. Em seguida, penteie o cabelo com um pente de ponta longa que não arrancará o cabelo.

4. Seque o cabelo com a cabeça de cabeça para baixo

Com esta técnica você não conseguirá fortalecer o cabelo, mas parece que seu cabelo é muito mais abundante e volumoso. Ao secar os cabelos com a cabeça invertida, você vai levar o ar de muito mais corpo às raízes. Claro, tente não levar o secador muito perto do cabeçote para que o calor não enfraqueça a raiz.

5. Pegue um pente e coloque a escova de lado

Como mencionamos anteriormente, a ideia é usar um pente em vez de uma escova . Este último é muito mais agressivo com seu cabelo e arrancará muito mais fios do que você perderia naturalmente. O pente permite modular melhor a intensidade ao desembaraçar o cabelo e fica mais macio com ele.

6. Escolha um penteado que lhe dê mais volume

O tipo de penteado é fundamental para que o seu cabelo tenha volume e corpo. Para fazer isso, recomendamos que você siga estas pequenas regras de estilo, muito úteis para cabelos fracos:

  • deixa o cabelo crespo ou ondulado,
  • Não prenda o cabelo com muita força, um rabo de cavalo muito esticado pode ser agressivo para a raiz do cabelo e fazê-lo cair com mais facilidade. Além disso, não adiciona nenhum volume,
  • deixe seu cabelo no mais puro estilo bagunçado, como se você não tivesse penteado, deixe com aquele toque despenteado que tanto amamos,
  • Evite cabelos muito lisos, eles vão realçar a espessura do seu cabelo e não vão te dar nenhum volume, melhor opte por um cabelo despenteado natural ou um alisamento imperfeito.

7. Questões de corte de cabelo

O corte de cabelo é fundamental para tirar o máximo proveito do cabelo, assim como o penteado, pode influenciar de forma decisiva na sua aparência.

Consulte o seu estilista qual o melhor corte de cabelo de acordo com o formato do seu rosto e o seu tipo de cabelo e aproveite ao máximo o seu look.

Nesta galeria, apresentamos algumas ideias para que você possa se inspirar.

Tudo sobre as mudanças da lotofácil

Quem é um jogador assíduo da Lotofacil já está acostumado com todas as regras desse jogo da Loteria Federal. No entanto, recentemente algumas mudanças e ajustes foram realizados e estão deixando muita gente em dúvida.

Essas alterações foram feitas na frequência dos sorteios, na divisão dos prêmios e até mesmo uma premiação adicional. Então, nada melhor do que conhecer todos esses detalhes e ficar por dentro das mudanças que foram feitas na Lotofácil.

Mudanças da Lotofácil

Desde o meio desse ano, já estão em vigor as alterações realizadas na Lotofácil, mas a verdade é que nem todas as pessoas já se habituaram com essas alterações. Mais do que isso, muita gente sequer as conhece.

Então, vamos saber mais sobre as mudanças da Lotofácil agora a seguir:

  • Número de sorteios

Uma das maiores novidades é o aumento do número semanal de sorteios. Antes, essa loteria tinha apenas 3 sorteios por semana, mas agora já conta com 6, de segunda-feira à sábado.

A novidade trouxe um certo descontentamento para alguns jogadores, pois o valor dos prêmios diminuiu.

  • Final zero

Pois é, uma outra novidade é que agora há uma premiação extra para os concursos de final zero. Na prático, ele funciona como se fosse um sorteio especial, como o da Independência, que ocorre todos os anos.

  • Divisão de acertos

Com essa novidade dos concursos de final 0, há uma nova divisão dos valores arrecadados, sendo que 10% agora são reservados para essa finalidade.

Para o pagamento do prêmio principal ficam outros 62% enquanto 13% ficam para quem acertar 14 números e 15% para a Lotofácil da Independência.

Quem tiver 11, 12 ou 13 acertos ainda ganhará os prêmios fixos de R$5, R$ 10 e R$ 25, respectivamente. Contudo, essa parcela de ganhadores não participa da divisão das reservas quando há o concurso de final zero.

Em outras palavras, o total da reserva de prêmios será dividida para os acertadores de 14 ou 15 dezenas nos concursos de final 0.

  • Números escolhidos

Até então, se você fosse jogar na Lotofácil, poderia marcar entre 15 e 18 dezenas no seu volante com 25 opções. No entanto, agora já é possível marcar até 20 dezenas em cada jogo, sempre lembrando que o valor pago pela aposta também aumenta na mesma proporção.

Assim, uma aposta inicial com 15 números custará R$2,50 e uma aposta máxima com 20 números custará R$38,7 mil. Contudo, as probabilidades de ganhar também aumentam.

Veja mais dicas para acertar na lotofácil: https://comoganharnalotofacil.net.br/

Novo Método Contra Impotência

Imagine uma máquina capaz de emitir ondas de choque que é capaz de curar a impotência sexual. Pois bem, essa e a nova promessa que chegou ao mercado para melhorar a vida dos homens que sofrem com a impotência.

O produto foi liberado em há pouco tempo pelos órgãos reguladores brasileiros e se chama Renova. Ele irá facilitar a obtenção de uma ereção através da estimulação do fluxo sanguíneo na região do pênis.

O aparelho é altamente tecnológico, capas de emitir cerca de 5 mil pulsos de baixa intensidade. A melhora pode ser obtida em apenas 4 sessões de aplicação da técnica.

O melhor de tudo é que o paciente não sente qualquer tipo de dor e a sensação da aplicação da técnica se assemelha a uma cócega leve.

Segundo os pesquisadores envolvidos no processo até o momento não foram relatados quaisquer efeitos colaterais decorrentes do uso.

Essa é uma terapia indicada especialmente para os indivíduos que possuem algum tipo de doença que prejudica os vasos sanguíneos. Isso inclui o diabetes, colesterol alto, hipertensão, visto que diminuem o fluxo sanguíneo no corpo, incluindo a região genital.

No entanto, vale lembrar que antes mesmo de iniciar qualquer tipo de tratamento para a problemas de desempenho sexual é essencial consultar um médico para que se tenha um diagnóstico adequado, a não ser que você opte por algo natural e seguro como um estimulante sexual.

Isso porque são muitos os fatores que podem levar ao surgimento de problemas de ereção, sendo necessário um diagnostico adequado para definir o tipo de abordagem que é mais indicado.

Segundo a Sociedade Brasileira de Urologia, os problemas de ereção chegam a afetar cerca de 6 milhões de brasileiros. Desse total, 95% chegam a demorar até 3 anos e meio convivendo com o problema para então marcar uma consulta com um médico.

Sem dúvidas, o maior fator que impossibilita uma melhora é o tabu que ainda existe em falar do problema e procurar tratamento adequado.

O fato é que além dos tratamentos já convencionais para o problema, a ciência está trabalhando para encontrar novas soluções para solucionar antigos problemas que afetam a vida das pessoas de uma forma tão significativa.

Isso porque a principal forma de tratamento hoje em dia, que é o uso de medicamentos que ainda oferecem muitos efeitos colaterais.

Então, se você está interessado em saber um pouco mais sobre a impotência sexual, veja a reportagem:

Porque apostar na nutrição dos fios de cabelo

Quem não quer exibir cabelos bonitos e bem tratados? Infelizmente, nem sempre é possível manter os cabelos devidamente tratados, seja pelo dia a dia, cada vez mais corrido, pela exposição excessiva à agentes que contribuem para prejudicar a saúde dos fios.

O fato é que ter uma rotina de nutrição para os cabelos é fundamental para mantê-los saudáveis e bonitos.

Nesse sentido, investir em cuidados como nutrição, é uma importante etapa no processo de mantê-los saudáveis. E isso porque a nutrição vai garantir a reposição lipídica do fio, devolvendo aqueles óleos fundamentais perdidos em processos químicos e térmicos, como uso de secador, chapinha, etc.

Gummy Hair resultados comprova que nutrição capilar é importante, seja externa ou interna com alimentos e suplementos que contribuem com vitaminas importantes.

Se interessou? Quer ver se a nutrição consegue recuperar o brilho e movimento de seus cabelos? Então, continue lendo.

Benefícios da nutrição

Uma boa nutrição nos fios, não só vai devolver os óleos para os cabelos, como também vai combater o ressecamento.

A nutrição vai restaurar tanto o brilho como o movimento, além de ajudar a diminuir o frizz, e o mais importante, selar o fio, o mantendo hidratado por dentro.

Diferença entre Hidratação e Nutrição

Tanto a hidratação como a nutrição são importantes cuidados a serem realizados nos cabelos, e a principal diferença entre eles é que enquanto a hidratação garante mais maciez e elasticidade ao fio, a nutrição, melhora o ressecamento e o frizz.

Ou seja, ao devolver a taxa lipídica aos fios, isso acaba criando uma camada de proteção neles, ajudando a manter a hidratação dentro do fio por mais tempo.

Assim sendo, esses tratamentos se complementam.

Como saber qual o tratamento mais indicado para mim

Seus cabelos são porosos, têm frizz e são desalinhados? Você reparou se eles estão ressecados, inflados e cheios de pontas duplas? Nesse caso, você precisa investir em uma boa nutrição nos fios!

Frequência da Nutrição

É preciso entender que cada cabelo responde diferente à determinados tratamentos, por isso, a frequência vai depender muito do estado de seu cabelo. Caso ele esteja muito ressecado, o ideal é investir no tratamento de uma a duas vezes na semana. Mas, no caso de estar só levemente ressecado, então, uma vez por semana já será o suficiente.

Mas, cabelos saudáveis também precisam de cuidados, por isso, se esse for o seu caso, a dica é fazer o tratamento a cada 15 dias, para manutenção.

O ideal é procurar um profissional, para que ele possa indicar o cronograma capilar ideal para você.

Nutrição passo a passo

Quer fazer o tratamento em casa? É possível, sim, basta seguir o passo a passo aqui abaixo:

  • Aplique o shampoo, principalmente na raiz, mas sem esfregar as pontas dos cabelos. Isso é para que ele possa limpar e tratar os cabelos, sem danificar. Vá massageando o couro cabeludo, com os dedos, jamais com as unhas.
  • Enxágue bem.
  • Com a ajuda de uma toalha, remova o excesso de água.
  • Divida o cabelo em quatro mechas, ou mais.
  • Comece a aplicar a máscara de nutrição, do comprimento às pontas, mas não na raiz. Vá enluvando mecha a mecha.
  • Deixe a máscara agir conforme o tempo indicado que, geralmente, é de 3 a 10 minutos.
  • Por fim, aplique um condicionador sem enxágue e o óleo indicado para o seu tipo de cabelo.

Como prevenir a diabete?

A Diabetes é causada pela produção insuficiente, ou má absorção, de insulina, o hormônio responsável por regular a glicose no sangue, e garantir energia para o organismo.

A função da insulina é quebrar as moléculas de glicose (açúcar) e transformá-la em energia, para manutenção das células do nosso organismo.

A diabete, portanto, pode aumentar a glicemia que, em altas taxas, pode levar a complicações no coração, nas artérias, nos olhos, nos rins e nos nervos. Inclusive, em casos mais graves, a diabete pode levar à morte.

Segundo a Sociedade Brasileira de Diabetes, atualmente existem no Brasil, mais de 13 milhões de pessoas convivendo com a doença, o que significa nada menos que 6,9% da população nacional.

Prevenir diabete ainda é o melhor remédio, e a melhor forma de fazer isso é procurando praticar atividades físicas regularmente, manter uma alimentação saudável e evitar o consumo de tabaco, álcool e outras drogas.

Vale destacar que hábitos saudáveis não evitam apenas a diabete, mas uma série de  doenças crônicas, até mesmo, o câncer.

Mas se a sua glicose já tiver alterada, é melhor você fazer o uso de algum produto natural para que você possa controlar ela, e o biomass caps é um remédio natural que ajuda a controlar a glicose.

Tipos mais comuns de diabete

A diabete pode se apresentar de diversas formas, possuindo diversos tipos diferentes.

Diabete tipo 1

Geralmente, a diabete tipo 1 é uma doença crônicahereditária e não transmissível, acometendo 5% à 10% do total de diabéticos no Brasil, sendo mais comum se manifestar na infância ou adolescência, embora possa ser diagnosticada em adultos também.

Pessoas com familiares que têm ou tiveram a doença devem fazer exames regularmente para acompanhar a glicose no sangue.

O tratamento da diabete tipo 1 é feito através do uso diário de insulina e/ou outros medicamentos, para controlar a glicose no sangue.

Ainda se desconhece a causa do diabetes tipo 1, por isso, a prevenção é o melhor remédio, podendo ser com hábitos saudáveis como uma alimentação equilibrada e a  prática de atividades físicas, além de evitar o uso de álcool, tabaco e outras drogas.

Diabete tipo 2

Já, a diabete tipo 2 surge quando o corpo não aproveita da forma correta a insulina produzida. Sua causa está diretamente relacionada à obesidade, sedentarismo, hipertensão, triglicerídeos elevados, e maus hábitos alimentares.

Sendo assim, é preciso ter um acompanhamento médico para tratar a diabete, assim como suas causas.

Como prevenir

Sem dúvida, a melhor forma de prevenir a diabete, assim como qualquer outra doença, é apostando em uma vida mais saudável, apostando nas seguintes medidas:

  • Procurar praticar exercícios físicos regularmente;
  • Procurar colocar no cardápio diário, verduras, legumes e, ao menos, três porções de frutas;
  • Evitar, ou reduzir ao máximo, o consumo de sal, açúcar e gorduras;
  • Parar de fumar;
  • Manter o peso controlado.

Portanto, vale ressaltar que, independente do tipo de diabete, assim que surgir qualquer sintoma, é fundamental que o paciente procure o mais rápido possível uma avaliação médica para que, então, se identificada a presença de diabete, possa ser iniciado o tratamento adequado, evitando possíveis complicações.

Tomar um resfriado de vez em quando é saudável

Gripes e resfriados têm um lado positivo. Se você souber quando deve ir ao médico, deixar o corpo lutar e ajudá-lo apenas com meios naturais pode ser o mais recomendado.

Quando se trata de se reproduzir, vírus da gripe e resfriados freqüentemente entram nas células mais fracas . Dessa maneira, eles favorecem sua eliminação e impedem que cause grandes problemas ao longo do tempo. Por esse motivo, doenças virais leves contribuem para o fortalecimento do corpo.

O EFEITO PROTETOR DE TER UM RESFRIADO

Um estudo do Children’s Hospital de Boston (Estados Unidos) mostra que a gripe em idade precoce pode impedir que a asma e outros sintomas alérgicos apareçam mais tarde . A descoberta se encaixa na “hipótese da higiene”, segundo a qual infecções leves desempenham um papel positivo na maturação do sistema imunológico .

Em vez de combater os sintomas irritantes a qualquer custo, é aconselhável deixar a gripe ou resfriado seguir seu curso e tratá-los apenas por meios naturais e, sobretudo, enquanto descansa .

QUANDO É NECESSÁRIO IR AO MÉDICO?

Gripes e resfriados podem complicar e favorecer as seguintes infecções bacterianas:

  • Sinusite: infecções nos seios da face.
  • Otite: infecções de ouvido. Se a dor de ouvido durar mais de 3 dias, é aconselhável ir à consulta
  • Bronquite ou pneumonia: infecções nos pulmões.

Antibióticos geralmente são prescritos desnecessariamente, pois a maioria das infecções se resolve por conta própria.

SINTOMAS QUE DEVEM ALERTÁ-LO

É necessário acompanhar a evolução da doença e, em caso de dúvida, consultar o especialista. Alguns dos sintomas a serem observados são:

  • Febre alta que dura mais de 5 dias.
  • Dificuldade em respirar.
  • Dor no peito , maçãs do rosto ou testa.
  • Desmaio, confusão ou desorientação são sintomas que devem nos levar ao médico.
  • Se a tosse ou febre voltar após desaparecer.

Uma gripe não deve durar mais de 10 dias . Se a essa altura nem todos os sintomas desaparecerem, você também deve ir ao médico.

VACINAS PARA COMBATER GRIPES E RESFRIADOS

Antes de ser vacinado, você deve estudar as vantagens e possíveis desvantagens. Não existem vacinas contra o resfriado porque a variedade de vírus causadores é muito ampla. No caso da gripe, ela também não protege contra todas as cepas.

As autoridades de saúde recomendam a vacina para pessoas com mais de 65 anos e pessoas que sofrem de doenças que podem ser complicadas pela gripe. Pessoas saudáveis ​​não precisam disso.

A vacina contra a gripe não apresenta efeitos colaterais , variando de uma febre baixa de 2 ou 3 dias a reações imediatas mais graves e pouco frequentes. Pessoas alérgicas aos ovos devem evitá-lo.

De acordo com um estudo com animais publicado na revista Science , se você receber a vacina e contrair outro vírus, suas chances de complicações aumentam.