Dieta do tipo sanguíneo

A dieta do tipo sanguíneo é um tipo de protocolo alimentar que vem chamando a atenção de muitas pessoas recentemente. Contudo, o que a maioria bem imagina é que ela já existe há mais de 20 anos.

Ela foi desenvolvida depois de estudos feitos por cientistas que sugeriram que o tipo sanguíneo de uma pessoa ajuda a determinar o seu metabolismo.

Logo, para cada tipagem sanguínea deve ser recomendado um tipo de cardápio especial, que atenda as necessidades do organismo e possa melhorar o funcionamento do organismo, eliminar o peso excedente e até proteger o coração de doenças.

O que acontece é que existe ainda uma certa dúvida a respeito da dieta do tipo sanguíneo.

Isso porque ela até é eficiente para a perda de peso, contudo, especialistas defendem que isso acontece mesmo por causa da restrição de certos alimento e o incentivo ao consumo de muitos vegetais e frutas.

Mais de Emagrecimento: Reduslim Funziona

Dessa forma, a perda de peso poderia acontecer para qualquer tipo sanguíneo.

Mesmo assim, vamos conhecer um pouco mais sobre essa dieta e compreender melhor como ela funciona.

Entendendo a dieta do tipo sanguíneo

Na teoria desenvolvida por Peter D’Adamo, criador dessa dieta, os hábitos de vida adotados pelos nossos antepassados é que favorecem a definição do tipo sanguíneo de cada pessoa.

Para o estudioso, além de ter influência nas transfusões de sangue, o tipo sanguíneo também influencia na forma como o organismo metaboliza determinados nutrientes.

É dessa forma que ele define o que deve ficar ou ser retirado da dieta, além de considerar também alguns alimentos mais benéficos, outros neutros e outros nocivos.

O funcionamento da dieta do tipo sanguíneo

O cardápio para cada tipo sanguíneo é bastante específico e conta com uma lista bem grande de alimentos que são restritos. Contudo, de uma forma geral, as definições são as seguintes:

  • Sangue tipo O – Caçador: dieta rica em proteínas e bastante limitada em grãos e laticínios
  • Sangue tipo A – Agrícola: sem proteínas animais, baseando a dieta em leguminosas, frutas e vegetais
  • Sangue tipo B – Nômade: a dieta deve evitar alimentos como trigo, lentilhas, tomate, milho ao passo que aumenta a ingestão de ovos e laticínios
  • Sangue tipo AB – Enigma: é uma mistura dos tipos A e B, devendo evitar álcool e cafeína. A ingestão de frutos do mar, laticínios e grãos deve ser aumentada.

Agora você já conhece um pouco mais a respeito da dieta do tipo sanguíneo.